terça-feira, 22 de dezembro de 2009

CANTA-SE SEMPRE...

.

video

Depois do repasto, apetece sempre cantar. E canta-se sempre. Vão-se buscar as modas mais apetecidas, umas ensaiadas outras não.

Cantam ,assim, desalinhadas, para si mesmas, porque cada uma delas, supera-se ao deitar cá para fora as vaias, as sonoridades de um cante d´alma que ainda é mais sentido quando é vivido num qualquer contexto de espontaneidade, gerado fora dos palcos.