quarta-feira, 14 de julho de 2010

CASA DA RODA

 

Rua da Misericórdia, das primeiras do burgo, a caminho do poço, às portas da vila e para a vinda do poço sob o peso das quartas à cabeça. Dava para o canal do vento, logo ali à esquerda ficava a casa da roda, onde na calada da noite se depositavam os enjeitados e donde se levavam suspiros e remorsos para a vida.
Posted by Picasa